Domingo, 09 de Maio de 2021 12:34
42988489296
Pecuária MANEJO ALIMENTAÇÃO

Mistura de insumos na nutrição do rebanho pode reduzir custos de produção da propriedade

Prática exige atenção e planejamento por parte dos pecuaristas para oferecer qualidade aos animais

29/04/2021 19h31
215
Por: Redação
O ponto-chave neste tema é saber comprar. É necessário se preparar e buscar efetuar a aquisição com antecedência. Realizar contratos para ter disponível a matéria-prima durante o tempo é uma boa dica. Foto Divulgação
O ponto-chave neste tema é saber comprar. É necessário se preparar e buscar efetuar a aquisição com antecedência. Realizar contratos para ter disponível a matéria-prima durante o tempo é uma boa dica. Foto Divulgação

A intensificação das atividades do campo faz com que o pecuarista e o agricultor tratem a propriedade como uma empresa, que precisa obter lucros. Essa busca pela eficiência financeira tem provocado algumas mudanças no mercado como, por exemplo, o aumento da utilização de produtos para misturas em relação aos suplementos de pronto uso, que pode ser comprovada por dados divulgados pela da Associação Brasileira de Indústria de Suplementos Minerais - ASBRAM.

“Podemos explicar esse cenário com o fato de que a mistura dos insumos na fazenda pode reduzir os custos de produção. Outro fato favorável é a realização do plantio de grãos na propriedade, possibilitando menos gastos com os farelos produzidos e incentivando a mistura na fazenda”, afirma a analista de produtos da Minerthal, Letícia de Souza Santos.

O produtor precisa se precaver uma vez que, para realizar a mistura de suplemento mineral proteico, proteico energético ou ração na propriedade, é necessário, além do misturador, o galpão ou local de armazenagem de matérias-primas, mão-de-obra qualificada e tempo do funcionário.

“Em termos práticos, o procedimento na própria fazenda acarreta ao pecuarista menor custo por kg de ração/suplemento, na ordem de 15 a 30%. Esta economia na suplementação animal viabiliza o investimento em misturador e galpão de estocagem”, explica Letícia.

É preciso se planejar

Com a certeza de que é necessário um investimento para que a mistura gere o resultado esperado, o produtor precisa se planejar e estar atento a alguns pontos. Um deles é a escolha das matérias-primas.

Para definição de quais produtos comprar, uma prática interessante é fazer diversas simulações com os preços dos insumos disponíveis na região. Com as matérias-primas definidas, de acordo com o melhor equilíbrio entre custo do kg da mistura e desempenho esperado, o produtor partirá para a compra dos insumos.

“O ponto-chave neste tema é saber comprar. É necessário se preparar e buscar efetuar a aquisição com antecedência. Realizar contratos para ter disponível a matéria-prima durante o tempo é uma boa dica”, ressalta a analista de produtos.

A estocagem também deve ser pensada, pois o armazenamento de todos os insumos que serão utilizados refletirá na manutenção da qualidade dos produtos. É necessário certificar-se de que o local é protegido contra chuvas, ventos, insetos e pragas e próximo ao local de mistura.

Outro ponto é a qualidade da mistura, que deve ter bastante relevância nesse planejamento. Isso porque não adianta investir em ingredientes de excelente qualidade, estocá-los adequadamente e não realizar uma mistura correta e homogênea.

“Os animais têm a capacidade de selecionar partículas. Caso não haja mistura homogênea, pode influenciar na seleção. A oferta da dieta mal misturada faz com que os animais não consumam o que foi balanceado pelo nutricionista responsável”, acrescenta.

A melhor mistura para a sua propriedade

O núcleo mineral que será misturado depende da necessidade do produtor. Há propriedades que possuem sistemas mais rústicos, sendo ideal uso de núcleos que tem além dos minerais, possivelmente ureia ou mesmo sal branco em sua composição. Para propriedades com maior capacidade de mistura, núcleos contendo apenas minerais, aditivos (em algumas ocasiões vitaminas e leveduras) são mais utilizados.

“A Minerthal tem diversas soluções para pecuaristas de corte e de leite para mistura na fazenda. O 160 MD é o carro chefe da linha de produtos para mistura para suplementos minerais aditivados, proteicos, proteicos-energéticos e rações, demonstrando a versatilidade dentro de uma propriedade. É composto por minerais e aditivo, sendo necessária a mistura com sal branco, ureia e farelos proteicos e energéticos”, afirma Letícia.

Para facilitar a mistura para produtores que não desejam comprar sal branco e ureia, a Minerthal tem em sua linha o Núcleo Proteico. “O produto viabiliza misturas para fabricação de suplementos minerais proteicos ou proteicos-energéticos. Além de versátil leva praticidade ao produtor pela necessidade de mistura apenas em farelos proteicos e energéticos”, finaliza. Com assessoria.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Castro - PR
Atualizado às 12h31 - Fonte: Climatempo
17°
Muitas nuvens

Mín. 11° Máx. 18°

17° Sensação
16.4 km/h Vento
67.9% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (10/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 22°

Sol com muitas nuvens
Terça (11/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 25°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias