Super banner Anuncio_MR_970x250
Leite

Cresce o número de usinas parceiras do Leite das Crianças

Laticínio Califórnia, de Ortigueira; Elizandra Morosini, de Dois Vizinhos; e a Associação dos Criadores de Gado Leiteiro e Entregadores de Leite de Umuarama (Apelu) somaram-se a outras 40 usinas também aprovadas no último edital e que já eram fornecedoras do programa.

19/03/2020 18h16Atualizado há 1 semana
Por: Redação
Fonte: Redação
600
Hoje, o Leite das Crianças beneficia aproximadamente 5 mil produtores no Paraná.
Hoje, o Leite das Crianças beneficia aproximadamente 5 mil produtores no Paraná.

Com o encerramento do edital de credenciamento de usinas para fornecer leite ao programa Leite das Crianças, três novas usinas entraram na lista de parceiros. Laticínio Califórnia, de Ortigueira; Elizandra Morosini, de Dois Vizinhos; e a Associação dos Criadores de Gado Leiteiro e Entregadores de Leite de Umuarama (Apelu) somaram-se a outras 40 usinas também aprovadas no último edital e que já eram fornecedoras do programa. Hoje, o Leite das Crianças beneficia aproximadamente 5 mil produtores.

Executado pelo Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional (Desan), o Leite das Crianças fornece gratuitamente um litro de leite enriquecido por dia em todo o Paraná para 110 mil crianças de seis a 36 meses de idade. Neste mês, os coordenadores estão concluindo o processo de credenciamento das usinas selecionadas em vários núcleos regionais da Secretaria estadual da Agricultura. “Nesta etapa, estamos distribuindo as demandas por usina, ou seja, mostrando o volume que precisarão produzir para atender ao programa”, explica a chefe do Desan, Márcia Stolarski.

Os encontros já foram promovidos em Guarapuava, Francisco Beltrão, Cascavel, Londrina, Maringá, Campo Mourão, e nesta semana acontece em Curitiba a distribuição de aproximadamente 20% da demanda estadual. Os contratos entram em vigor a partir de 23 de março.

A participação no Leite das Crianças garante renda para os produtores com demanda assegurada e pagamento diferenciado, além de ajudar a promover o desenvolvimento regional e estimular a qualidade do produto. “Ao fiscalizar, exigir instalações e procedimentos que atendam às exigências higiênico-sanitárias, manter rigoroso controle mensal sobre a qualidade do leite cru refrigerado quanto do leite pasteurizado integral das Usinas de processamento de leite, o Programa beneficia não apenas usuários e produtores, mas grande parte da população paranaense”, afirma Márcia.

O PROGRAMA - O Leite das Crianças foi instituído em maio de 2003 para criar uma rede de proteção alimentar destinada a crianças de seis a 36 meses. Contribui para a prevenção da desnutrição infantil, fomento da bacia leiteira, promoção do desenvolvimento local e geração de renda aos agricultores familiares. Participam diretamente as Secretarias de Estado da Saúde, da Agricultura e do Abastecimento, da Educação, e da Justiça, Família e Trabalho.

De acordo com o Relatório do Estado Nutricional da Secretaria estadual da Saúde, 91,3% das crianças do programa encontram-se com peso adequado para a idade, índice que demonstra a efetividade do programa.

Ponta Grossa - PR
Atualizado às 17h12
27°
Poucas nuvens Máxima: 28° - Mínima: 18°
28°

Sensação

10.6 km/h

Vento

58.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
Brava
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas