Segunda, 18 de Janeiro de 2021 02:07
42988489296
Geral ENERGIA

Pequenos geradores fecham o balanço de 2020 e apontam um potencial de mais de 1 milhão de empregos no Brasil

A ABRAPCH - Associação Brasileira de PCHs e CGHs - calcula que o Brasil tem um potencial para construir 213 novas CGHs com capacidade de gerar 846 MW e 1.082 PCHs com capacidade geradora de mais de 14.000 MW de energia – isso equivale a uma nova Itaipu para se ter um ideia.

31/12/2020 07h39
250
Por: Redação
Foram inauguradas em 2020 no Brasil 11 novas PCHs com uma capacidade geradora juntas de quase 144 MW e 5 CGHs com a capacidade de pouco mais de 12 MW. Com esse potencial gerador elas passam a atender 282.500 e 30.000 residências respectivamente.
Foram inauguradas em 2020 no Brasil 11 novas PCHs com uma capacidade geradora juntas de quase 144 MW e 5 CGHs com a capacidade de pouco mais de 12 MW. Com esse potencial gerador elas passam a atender 282.500 e 30.000 residências respectivamente.

O mercado dos pequenos geradores de energia no Brasil está fechando o balanço de 2020 e aponta que o setor tem um potencial para gerar mais de um milhão de empregos no Brasil. O caminho é a redução na burocracia para acelerar a aprovação de novos projetos.

Estão em construção hoje no Brasil 27 PCHs (Pequena Central Hidrelétrica) e 3 CGHs (Central Geradora Hidrelétrica) com 19.860 e 440 novos empregos gerados respectivamente. As PCHs estão recebendo um investimento de R$ 2,316 bilhões e vão atender 827.500 residências com uma geração de energia de 331 MW. No caso das CGHs o investimento é de R$ 44 milhões. Uma CGH gera até 5 MW de energia e uma PCH entre 5 até 30 MW.

A ABRAPCH - Associação Brasileira de PCHs e CGHs - calcula que o Brasil tem um potencial para construir 213 novas CGHs com capacidade de gerar 846 MW e 1.082 PCHs com capacidade geradora de mais de 14.000 MW de energia – isso equivale a uma nova Itaipu para se ter um ideia. Viabilizados de uma vez esses projetos gerariam hoje mais de 1 milhão de novos empregos no país, com obras totalmente nacionais, tanto em construção como tecnologia aplicada. Os Estados com maior potencial de instalação de novos projetos são GO, MG, MT, PR, SC e SP.

Para o presidente da ABRAPCH, Paulo Arbex, é fundamental que os processos de aprovação dos novos projetos sofram uma desburocratização. Em sua opinião “não é possível que o Brasil com toda a sua estrutura do setor energético demore 11 anos para a aprovação de uma nova matriz energética limpa e renovável”. O executivo admite que o governo tem aberto uma série de conversas para acelerar o setor, mas defende que isso precisa ser feito com mais rapidez. “Quando falamos em energia, estamos falando de crescimento econômico e geração de novos empregos já na construção de suas matrizes. Isso é fundamental para que o Brasil cresça”, defende Arbex.

O Brasil é atendido hoje pela geração hidráulica de energia em mais de 75% de seu consumo em todo o seu território. Somente os pequenos geradores estão fechando o ano de 2020 com quase 16 milhões de residências atendidas. Estão em operação hoje 419 PCHs e 738 CGHs.

Essas chamadas pequenas matrizes hidráulicas geram juntas hoje 6.300 MW – 5.400 gerados pelas PCHs e 816 pelas CGHs em operação. De acordo com a EPE-Empresa de Pesquisas Energéticas, braço do governo federal no setor, 1 MW é capaz de atender 2.500 residências médias do Brasil, com um consumo médio de 184 kWh/mês.

 

Novas operações em 2020

Foram inauguradas em 2020 no Brasil 11 novas PCHs com uma capacidade geradora juntas de quase 144 MW e 5 CGHs com a capacidade de pouco mais de 12 MW. Com esse potencial gerador elas passam a atender 282.500 e 30.000 residências respectivamente. Ou seja, 312.500 novas residências ingressaram no atendimento dos pequenos geradores no país somente esse ano. Com assessoria.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Castro - PR
Atualizado às 01h51 - Fonte: Climatempo
17°
Muitas nuvens

Mín. 16° Máx. 24°

17° Sensação
16.3 km/h Vento
95.6% Umidade do ar
90% (25mm) Chance de chuva
Amanhã (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 19°

Chuvoso
Quarta (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 22°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias