Quinta, 21 de Janeiro de 2021 17:11
42988489296
Pecuária FUTURO DO BOI

Futuro do mercado pecuário será debatido em São Paulo

Contagem regressiva para o Encontro de Analistas da Scot Consultoria, que acontecerá dia 27 de novembro. Inscrição para participação presencial já se esgotou, mas ainda restam vagas para acompanhamento de forma online do evento

24/11/2020 08h23
487
Por: Redação Fonte: Redação
A alta no preço dos insumos e a falta de boi magro para a reposição, preocupam os produtores e deixam incerto o cenário, principalmente, para os próximos dois anos.
A alta no preço dos insumos e a falta de boi magro para a reposição, preocupam os produtores e deixam incerto o cenário, principalmente, para os próximos dois anos.

O mercado pecuário caminha para o último mês do ano com alta no preço do boi gordo com arroba acima da casa dos R$ 280,00, com a ressalva de que, após a quinzena de novembro, o mercado perdeu um pouco de força. A alta no preço dos insumos e a falta de boi magro para a reposição, preocupam os produtores e deixam incerto o cenário, principalmente, para os próximos dois anos. Para traçar um panorama de tudo que pode acontecer neste futuro próximo, disponibilizando informações valiosas à frente do mercado, a Scot Consultoria reunirá, no próximo dia 27 de novembro em São Paulo, um seleto grupo de renomados analistas que debaterão sobre assuntos que envolvem política, economia e mercado, cujos cenários interferem diretamente no negócio pecuário.

Segundo Marco Túlio Habib Silva, diretor de marketing da Scot Consultoria, o mercado nunca teve tantas possibilidades de cenários que podem mudar os drives drasticamente em um curto espaço de tempo como agora. Por exemplo: e se a China colocar o pé no freio como fez no ano passado e parar de comprar? Quando vamos sentir de fato a força do mercado interno? Como fica a falta de incentivo do governo para as famílias de baixa renda, e como isso impactará o consumo interno? Já chegamos no teto do preço do boi? E como está o ânimo do pecuarista? “Quem vê de fora acha que o produtor está nadando de braçada, mas, na prática não é bem assim, pois ele precisa repor o plantel, comprar insumos e recomeçar o ciclo. Por isso tudo está mais caro”, diz.

Outra incerteza é em relação aos insumos, que além de mais valorizados estão escassos. Em muitas regiões produtores estão sendo obrigados a utilizarem dietas variadas na engorda dos animais. “Esta é uma situação que está acontecendo com frequência, e pode impactar no desempenho final dos animais no cocho. Além disso, o ânimo do pecuarista tem balançado muito em relação ao ágil entre o boi magro e boi gordo, o qual tem sido relativamente alto”, destaca Silva.

Neste painel, intitulado como “O boi gordo subiu e os custos de produção também”, os debatedores serão: Francisco Turra, presidente do Conselho Consultivo da ABPA - Associação Brasileira de Proteína Animal; Hyberville Neto, consultor de mercado da Scot Consultoria; Leandro Bovo, diretor da Radar Investimentos; Marcio Rezende Evaristo Carlos, secretário-adjunto de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA; e Rafael Ribeiro, consultor das divisões de grãos, leite e agricultura da Scot Consultoria.

Para mediar o debate a responsabilidade ficou a cargo de Alcides Torres, diretor-fundador da Scot Consultoria. “O objetivo do evento é desenhar o cenário econômico e o que deve acontecer em 2021 e 2022. Vamos também traçar as expectativas para o mercado pecuário, e debater o que acontecerá com as medidas de governo que incentivam ou não a produção”, diz o Scot.

Mais debates

O encontro também contará com o painel “A economia em meio à pandemia”. Após uma breve introdução sobre o assunto, os analistas farão o debate. Nesse bloco participam: Alexandre Mendonça de Barros, sócio-consultor da MB Agro; André Perfeito, economista-chefe na Necton Corretora de Valores; e Eduardo Sampaio Marques, assessor no gabinete da Ministra da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Também participam do bloco de macroeconomia Marcos Jank, pesquisador no Insper e professor da Esalq-USP; Pedro Parente, presidente do Conselho de Administração da BRF e Sérgio de Zen, diretor de política agrícola e informações na Conab.

Entre os assuntos do debate, mediado por Marcio Fernandes, gerente de jornalismo do canal Terraviva, pode-se destacar a briga comercial entre os americanos e chineses e os reflexos nos mercados mundiais. Além disso, também será discutido sobre a questão da demanda interna em meio à pandemia e o pós-eleição, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos.

Formato duplo

Seguindo todos os protocolos de segurança e saúde pública, mas sem deixar a informação de lado, este ano o Encontro de Analistas acontece em novo modelo, no formato “híbrido”, ou seja, os participantes (já inscritos) terão a opção de participarem do evento presencial em São Paulo, ou de forma remota no evento digital. Para a realização e transmissão do evento, foi escolhido o Espaço Villa Bisutti, na Vila Olímpia na capital paulista, um local preparado para atender a todas as exigências e recomendações das autoridades de saúde.

No modelo digital, os inscritos poderão se relacionar com outros participantes e enviar perguntas para os analistas via plataforma de transmissão de forma simples e direta. Contudo, vale ressaltar que para o evento presencial as inscrições estão esgotadas, mas para o formato digital as inscrições ainda estão abertas.

O Encontro de Analistas tem patrocínio da Böehringer Ingelheim, Minerva Foods, Mosaic Fertilizantes, Nutron e UPL. Além disso, são parceiros do evento a Allflex e a Associação Brasileira de Angus (ABA). Mais informações no https://encontrodeanalistas.com.br.

Sobre - A Scot Consultoria é uma empresa dedicada à competitividade do agronegócio brasileiro. Foi criada com intuito de viabilizar a coleta, análise e divulgação de informações de mercado para o campo, onde geralmente há carência de informações verídicas e confiáveis. Formada por profissionais especializados em agropecuária, as informações claras permitem decisões precisas. A proposta da Scot Consultoria é contribuir para o crescimento e fortalecimento do agronegócio, levando informações atuais a todos aqueles ligados aos elos da cadeia produtiva. Com assessoria.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Castro - PR
Atualizado às 16h53 - Fonte: Climatempo
22°
Pancada de chuva

Mín. 17° Máx. 23°

22° Sensação
13.4 km/h Vento
78.2% Umidade do ar
90% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (22/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 23°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sábado (23/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 25°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias