Domingo, 25 de Outubro de 2020
42988489296
Geral Aniversário

Epagri/Cepa comemora 45 anos impulsionando a competitividade da agricultura catarinense

A Epagri/Cepa nasceu em 2 de outubro de 1975 sob o título de Comissão Estadual de Planejamento Agrícola. Na ocasião, o governo federal criou estes órgãos em todos os Estados brasileiros, com o objetivo de uniformizar os números deste setor tão importante para a economia nacional.

07/10/2020 14h54
240
Por: Redação Fonte: Redação
Instituição gera informações fundamentais para a competitividade da agricultura catarinense. Foto Divulgação
Instituição gera informações fundamentais para a competitividade da agricultura catarinense. Foto Divulgação

Ao completar 45 anos de fundação, o Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa) comemora a credibilidade que as informações por ele geradas alcançou junto aos órgãos dos setores público e privado que atuam na agropecuária catarinense. Neste quase meio século de história o Centro se reinventou, evoluiu e se tornou uma referência estadual em estatísticas do setor agrícola, fomentando a competitividade catarinense no setor.

A Epagri/Cepa nasceu em 2 de outubro de 1975 sob o título de Comissão Estadual de Planejamento Agrícola. Na ocasião, o governo federal criou estes órgãos em todos os Estados brasileiros, com o objetivo de uniformizar os números deste setor tão importante para a economia nacional.

Em 1982 transformou-se em Instituto Cepa/SC, já vinculado à Secretaria de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural. Em 2005 veio o grande salto, quando se incorporou à estrutura da Epagri e passou a ser valer da capilaridade da Empresa para apoiar os trabalhos de levantamento e de prospecção que realiza.

Função pública

“A Epagri/Cepa cumpre uma importante função pública, no sentido de gerar informações fundamentais para a competitividade da agricultura catarinense”, avalia Reney Dorow, gerente da instituição. Ele explica que o Centro fornece informações confiáveis, sobretudo de safras e de preços pagos ao produtor, nas principais cadeias produtivas catarinenses. “Gerar indicadores é diminuir a assimetria informacional, quem conhece sua realidade não se torna um refém das informações que recebe e consegue competir melhor no mercado”, descreve Reney.

A Epagri/Cepa conta com um quadro fixo de 21 funcionários, a maioria deles engenheiros-agrônomos e economistas, que formam o time de analistas da equipe. Para desenvolver seu trabalho, eles contam com informações levantadas pelos dez agentes de mercado que atuam pelo Estado. São profissionais que normalmente atuam na extensão rural da Epagri e são encarregados de levantar área plantada, preços e estimativa de colheita diretamente nas regiões onde atuam, entre outras funções. “Os agentes cumprem o papel de ligação entre os analistas e o mercado real”, define Reney.

Portal

Estes dados são atualizados e disponibilizados para a população no portal InfoAgro, lançado pela Epagri/Cepa em março de 2019. Ele reúne dados do Sistema Integrado de Informações Agropecuárias da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural de SC, que podem ser consultados por computador, tablet ou aplicativo no celular.

Neste espaço virtual, é possível acessar informações sobre safras, desempenho da produção agropecuária, preços agrícolas e de terras, políticas públicas para o meio rural, exportação e importação do agronegócio catarinense, entre outras. As informações são disponibilizadas por município, região ou estado. O InfoAgro tem uma média de 12 mil acessos ao ano, além de ter seu aplicativo baixado em mais de mil celulares, segundo informa o gerente da Epagri/Cepa.

Com as informações geradas pela Epagri/Cepa, o governo desenvolve políticas públicas mais assertivas e o setor privado consegue se organizar para o cenário vindouro. Para exemplificar, Reney cita o milho, fomento fundamental para a suinocultura, avicultura e bovinocultura catarinenses. Com base nas perspectivas de colheita e de mercado, as agroindústrias processadoras destas proteínas conseguem planejar melhor sua atuação.

Articulação

Em nível estadual, a Epagri/Cepa se relaciona diretamente com as grandes instituições representativas da agropecuária: Ocesc, Fecoagro, Faesc, Fetaesc e o setor bancário. Nacionalmente, essa a articulação direta se dá com IBGE e Conab, principalmente.

Tabajara Marcondes é um dos analistas de carreira mais longeva dentro da Epagri/Cepa. Ingressou nos quadros da instituição em 1981 como bolsista e em 1984 foi contratado na qualidade de engenheiro-agrônomo. Baseado em sua vasta experiência, ele entende que a grande articulação com os entes e o reconhecimento do setor produtivo em relação ao conhecimento gerados são alguns dos principais capitais da instituição hoje. “Ter mantido isso ao longo dos anos foi o nosso diferencial”, afirma.

O profissional também garante que este é um “aniversário feliz”, pois a Epagri/Cepa desfruta atualmente de reconhecimento e valorização destacados, tanto por parte da Epagri, quanto da Secretaria da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural e também do próprio governo do Estado. Com assessoria.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Castro - PR
Atualizado às 01h09 - Fonte: Climatempo
16°
Pancada de chuva

Mín. 16° Máx. 23°

16° Sensação
15.9 km/h Vento
94.3% Umidade do ar
80% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 24°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 26°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias