Quarta, 08 de Julho de 2020
42988489296
Meio Ambiente Ibama

Estados discutem mudanças em processos do Ibama

Assunto foi tema de reunião online com os 17 estados que possuem áreas de Mata Atlântica.

18/06/2020 19h18
261
Por: Redação Fonte: Redação
Para realizar uma obra que possua supressão de vegetação, é aberto um processo no órgão ambiental estadual, que o remete ao Ibama, junto com uma série de documentações. O pedido dos Estados, segundo o diretor, é que esse processo seja simplificado.
Para realizar uma obra que possua supressão de vegetação, é aberto um processo no órgão ambiental estadual, que o remete ao Ibama, junto com uma série de documentações. O pedido dos Estados, segundo o diretor, é que esse processo seja simplificado.

Uma reunião online nesta quinta-feira (18) discutiu com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) as demandas dos 17 estados que possuem áreas de Mata Atlântica.

Esses estados são membros da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema). O Paraná foi representado pelo diretor de licenciamento e outorga do Instituto Água e Terra, José Volnei Bisognin.

A reunião foi para esclarecer os pedidos já feitos pela Abema e de interesse comum para que sejam feitas modificações na Instrução Normativa (IN) do Ibama nº009/2019.

DEMANDAS - A lei define que todo corte de Mata Atlântica acima de 50 hectares na área rural e de 3 hectares na área urbana deve ter anuência do Ibama. O Paraná possui 93% de propriedades com Mata Atlântica e cerca de 450 mil imóveis - sendo 420 mil abaixo de quatro módulos fiscais - e todas estão com o Cadastro Ambiental Rural (CAR) efetuado.  

Para realizar uma obra que possua supressão de vegetação, é aberto um processo no órgão ambiental estadual, que o remete ao Ibama, junto com uma série de documentações. O pedido dos Estados, segundo o diretor, é que esse processo seja simplificado.

De acordo com ele, outro problema é o atraso em obras públicas. O Paraná possui muitas hidrelétricas e diversos empreendimentos de linhas de transmissão, cujas obras podem ser prejudicadas pelo processo complexo.

“Em 20 anos, o Estado trabalhou para a recuperação da cobertura florestal da Mata Atlântica, possuindo hoje 29% desse bioma. O Paraná trabalha para recuperar a cobertura do bioma e só autorizamos desmatamento para obras públicas”, disse Bisognin.

DIÁLOGO - A reunião foi comandada pelo presidente da Abema, Germano Luiz Gomes Vieira, e teve a participação do presidente do Ibama, Eduardo Bim. “O diálogo é importante para construir soluções”, disse Vieira, ao solicitar que os encontros sejam periódicos para que todos os Estados trabalhem juntos na recuperação e preservação da Mata Atlântica.

Também foram temas da reunião a atualização do mapa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que define onde está inserido o bioma da Mata Atlântica, e a discussão da Lei da Mata Atlântica correlacionado com o Novo Código Florestal Brasileiro, na discussão do marco temporal de Julho de 2008. Fonte AEN.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ponta Grossa - PR
Atualizado às 10h01 - Fonte: Climatempo
19°
Muitas nuvens

Mín. 15° Máx. 22°

19° Sensação
31.7 km/h Vento
44.6% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (09/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 19°

Sol com algumas nuvens
Sexta (10/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 18°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias