Super banner Anuncio_MR_970x250
Chás e ervas

Em Curitiba, evento debate o cenário e mercado de chás e ervas

No Sebrae/PR, movimento valoriza a cultura local, as plantas nativas, o alimento limpo e sustentabilidade

11/03/2020 16h43
Por: Redação
Fonte: Redação
299
Um painel da análise sensorial da erva-mate também será apresentado, assim como o mapeamento ecológico de produtores de ervas aromáticas e medicinais.
Um painel da análise sensorial da erva-mate também será apresentado, assim como o mapeamento ecológico de produtores de ervas aromáticas e medicinais.

Para discutir as perspectivas da produção de chás na Região Metropolitana de Curitiba e também no Paraná, o Sebrae/PR promove nesta sexta-feira (13), das 13h30 às 18h, na sua sede, em Curitiba, o SlowTea – Chás do Paraná. As inscrições são limitadas e podem ser feitas pelo sistema Sympla por meio do link https://www.sympla.com.br/slow-tea---chas-do-parana__798600.

 O evento abordará os desafios e avanços na produção e beneficiamento de ervas, plantas aromáticas e medicinais que podem ser utilizadas na gastronomia, fármacos, temperos e bebidas. Maria Isabel Guimarães, consultora do Sebrae/PR, adianta que o evento, realizado dentro do Comunidades Sebrae – Agro, é aberto para empresas da área e empreendedores envolvidos na cadeia.

 “Teremos produtores, consumidores e empreendedores de comércio e varejo, além de sommeliers e especialistas. O setor está em alta no momento. Falaremos dos mais diferentes usos de chás e das ervas, como na gastronomia, medicina, na indústria cosmética e outros”, explica. 

De acordo com o IBGE, o Paraná é o maior produtor de erva-mate e camomila do país e possui longa tradição na produção de diversas ervas. O cultivo da erva-mate, por exemplo, foi grande propulsor da economia paranaense no século XIX, conhecida como época do “ouro verde”.

A necessidade de fortalecer o mercado regional foi o motivo principal para a organização do evento.  “Não é desejo que esse trabalho aconteça só em Curitiba, mas no Paraná todo que é forte na produção. Precisamos nos posicionar como marca coletiva para o Brasil e mundo. O objetivo envolve a valorização de empresas do setor no que diz respeito à qualidade, segurança e mercado”, pontua Maria Isabel.

Dados do Deral/Seab, de 2017, indicavam o Paraná como o maior produtor nacional de plantas medicinais, aromáticas e condimentares. O estado responde por 90% da produção nacional.

O evento contará com uma palestra de abertura ministrada por Dani Lieuthier sobre as expedições de chás e ervas por diferentes biomas do Brasil e do mundo, seguida por uma apresentação das frentes de atuação e projetos do SlowTea. Um painel da análise sensorial da erva-mate também será apresentado, assim como o mapeamento ecológico de produtores de ervas aromáticas e medicinais. Os participantes poderão ainda realizar conexões profissionais durante o tea break e encerramento do evento. Fonte Sebrae

Ponta Grossa - PR
Atualizado às 18h28
25°
Poucas nuvens Máxima: 28° - Mínima: 18°
25°

Sensação

6.9 km/h

Vento

73.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Brava
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas