Quinta, 05 de Agosto de 2021 07:13
42988489296
Agropecuária BIODIGESTOR

O uso de biodigestor foi tema no Café do Produtor no Sindicato Rural de Castro.

Hoje em dia, além da produção de energia, o assunto é atrelado a soluções sustentáveis aos negócios com a preocupação de prover a redução de impactos ambientais.

25/05/2021 15h53
548
Por: Redação
O biodigestor pode resolver questões sobre passivos ambientais, entre eles os desejos de suínos e bovinos, mas com alternativas economicamente viáveis aos produtores.
O biodigestor pode resolver questões sobre passivos ambientais, entre eles os desejos de suínos e bovinos, mas com alternativas economicamente viáveis aos produtores.

O uso de energia renovável na propriedade rural é um assunto que vem sendo discutido de longa data e a cada ano novas tecnologias são apresentadas para melhorar a eficiência dos equipamentos nas áreas de biodigestor ou na energia solar.

Hoje em dia, além da produção de energia, o assunto é atrelado a soluções sustentáveis aos negócios com a preocupação de prover a redução de impactos ambientais. Um exemplo é resolver as questões dos passivos ambientais, entre eles os desejos de suínos e bovinos, mas com alternativas economicamente viáveis aos produtores.

Para falar sobre este assunto o empresário da BioKöhler e produtor rural, Pedro Köhler conversou com produtores rurais de Castro no Sindicato Rural de Castro.

Pedro fez uma explanação sobre o assunto e salientou que Castro e toda região tem um ótimo potencial que pode ser explorado. Deixou claro que o gás e a energia são assuntos importantes, porém a maneira que algumas empresas abordam e trabalham o tema é que gera polêmica. “A nossa visita é para apresentar a nossa experiência no setor, pois há anos trabalhamos na região de Toledo e vemos uma semelhança daquela região com esta. Falo isso não só como empresário, mas também com a visão do produtor rural, pois atuo com minha família na suinocultura.”, conta o empresário. Ele conta que a proposta é apresentar uma solução ao produtor onde ele possa ter um ganho e resolver um passivo ambiental. “O produtor ao utilizar o sistema de biodigestor ele pode usar a energia gerada em sua propriedade ou colocar ela na rede e ganhar um crédito. De uma forma ou outra, no fechar das contas ele verá um ganho seja financeiro ou se adequou a legislação dando a destinação correta aos desejos dos animais.”, explica Pedro.

A proposta da empresa é que o sistema de biodigestor não pode tirar o foco da propriedade, ou seja, se for leiteira, suinocultura ou outra, que o produtor mantenha sua atividade sem que o equipamento seja mais uma coisa para se preocupar. “Como também sou produtor, sei que o equipamento tem que ser um aliado e não um problema. Por isso, nossos equipamentos são pensados para atender com esta missão. Ser um aliado do produtor na geração de receita e energia na propriedade”, argumenta Pedro.

Em relação aos cuidados com a implantação do biodigestor ele fala que os equipamentos devem ser analisados em vários pontos. “O que vimos nos últimos 10 anos é o tratamento do biogás, não pegar o gás bruto e lançá-lo para dentro do motor, pois isso pode corroer e danificar peças. Assim, focamos no tratamento do gás, pois isso aumenta a vida útil do motor, dando mais tranquilidade e segurança. Outra questão é que cada biodigestor precisa ser construído e pensado para a realidade que irá atuar, seja na suinocultura, bovinocultura entre outras. A essência é a mesma, mas o modo operacional pode fazer a diferença para deixar a planta afinada e gerar benefícios ao produtor e ao meio ambiente”, conta Pedro.

Para o projeto ser viável existe um número mínimo de animais para rodar o sistema, gerar energia e ser executado de maneira eficiente. “Para um gerador, por exemplo, de 75 quilowatts, onde a maioria dos padrões instalados nas propriedades usam e isso dará um padrão de 200 amperes, trifásico. Para isso seria necessária uma granja com 3 mil suínos para terminação, 1 mil matrizes e para o gado de leite acima de 100 animais gera viabilidade. Porém, tudo isso é muito específico, por isso temos que analisar cada caso e chegar a um número ideal. Um investimento desse porte chega a entre R$ 400 a R$ 500 mil. Mas tudo isso depende também de um estudo do uso do biodigestor que pode variar de acordo com sua utilização,”, explica Köhler.

 

Acompanhe na íntegra a entrevista em vídeo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Castro - PR
Atualizado às 06h57 - Fonte: Climatempo
Muitas nuvens

Mín. Máx. 17°

° Sensação
17.4 km/h Vento
94.9% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (06/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 18°

Sol com muitas nuvens
Sábado (07/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 22°

Sol com muitas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias