Quinta, 05 de Agosto de 2021 07:02
42988489296
Cidades LOCKDOW

Prefeito de Criciúma (SC) diz: "Lockdow com geladeira cheia é fácil”

Autorização foi concedida por meio do Decreto 539/21 após o retorno dos serviços públicos municipais em tempo integral e de forma presencial. A solicitação de licença não remunerada deve ser feita pelo próprio servidor

17/03/2021 19h28
1.746
Por: Redação
Os servidores públicos municipais de Criciúma poderão solicitar licença sem remuneração, se assim desejarem, em virtude da pandemia de coronavírus. A autorização foi publicada no Decreto 539/21, desta quarta-feira (17).
Os servidores públicos municipais de Criciúma poderão solicitar licença sem remuneração, se assim desejarem, em virtude da pandemia de coronavírus. A autorização foi publicada no Decreto 539/21, desta quarta-feira (17).

O prefeito de Criciúma em Santa Catarina, Clésio Salvo (PSDB), gera polêmica ao decretar Lockdow em sua cidade, pois prevê a concessão de licença, a pedido do servidor, mas será sem remuneração. O prefeito em video afirma em vídeo que a medida foi tomada depois de vários questionamentos sobre o assunto. “Prefeito, não vai ter lockdown? De tanto as pessoas perguntarem isso pra mim, vocês vão ter lockdown. Decretado o lockdown, só que um detalhe, é sem remuneração.”, diz o prefeito em vídeo em suas redes sociais.

Os servidores públicos municipais de Criciúma poderão solicitar licença sem remuneração, se assim desejarem, em virtude da pandemia de coronavírus. A autorização foi publicada no Decreto 539/21, desta quarta-feira (17). Conforme a publicação, a licença deve ser requerida pelo servidor e poderá ser concedida pelo prazo de duração da situação de calamidade pública, reconhecida em todo o Estado de Santa Catarina.

“Nos órgãos públicos municipais são tomados todos os cuidados sanitários para evitar a contaminação por covid-19. Mesmo assim, muitos nos questionam sobre o temor em continuar trabalhando durante a pandemia. Desta forma autorizamos os servidores a solicitar licença sem remuneração. É uma opção dele continuar ou não trabalhando”, destacou o prefeito Clésio Salvaro.

 

Ainda de acordo com a publicação, o gestor de cada pasta deverá analisar a possibilidade de afastamento, sem prejuízo ao serviço público. Caso o pedido seja aceito e o quadro remanescente não puder desempenhar as funções, o gestor deve   solicitar contratação temporária para suprir a ausência. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Castro - PR
Atualizado às 06h57 - Fonte: Climatempo
Muitas nuvens

Mín. Máx. 17°

° Sensação
17.4 km/h Vento
94.9% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (06/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 18°

Sol com muitas nuvens
Sábado (07/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 22°

Sol com muitas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias