Terça, 13 de Abril de 2021 16:26
42988489296
Dólar comercial R$ 5,7 -0.46%
Euro R$ 6,81 -0.13%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.45%
Bitcoin R$ 378.895,1 +4.944%
Bovespa 119.232,66 pontos +0.35%
Agricultura CRESCIMENTO

Imagens de satélite mostram que 25% de Florianópolis está urbanizada e ocupou áreas da agropecuária.

Estudo apontou que entre as capitais do Sul, Florianópolis é a com a menor taxa de urbanização. Kléber Trabaquini, pesquisador da Epagri responsável pela análise, mostra ainda que a urbanização na capital catarinense avançou principalmente sobre áreas antes destinadas à agropecuária, atingindo com menos intensidade as florestas.

04/03/2021 14h29
332
Por: Redação
Área urbanizada de Florianópolis próximo à Lagoa da Conceição
Área urbanizada de Florianópolis próximo à Lagoa da Conceição

Florianópolis tem 25% de seu território (11.500 km2), ocupado por área urbana, índice que era de cerca de 15% (6.999 km2) em 1989. Apesar do crescimento, a capital catarinense tem a menor taxa de urbanização entre as do Sul do Brasil. Porto Alegre possui 36,3% e Curitiba está com 71,6% de ocupação urbana.

Os dados fazem parte de estudos orientados pelo pesquisador Kleber Trabaquini, da Epagri/Ciram e foram extraídos do Projeto Mapbiomas, que fornece informações de cobertura do solo em todo o país desde 1985, a partir de processamento de imagens orbitais dos satélites americanos Landsat-5 e Landsat-8.

O estudo identificou que a expansão urbana avançou principalmente sobre áreas de agropecuária, atingindo com menos intensidade as áreas de florestas (mata nativa e mangue). “Isso pode ser explicado pelo fato de as áreas de agropecuária estarem concentradas em regiões planas, o que facilita a expansão da urbanização”, argumenta Kleber. Ele explica que a classe agropecuária representava 23% (9.500 km²) do município em 1989, ao passo que, em 2019, passou a ocupar 12% (5.455 km²), uma redução de 4.045 km2. A floresta, que ocupava 51% (22.726 km²) do município em 1989, em 2019 representa 47% (20.870 km²), uma redução de apenas 1.888 km².

Kleber Trabaquini conta que os dados de satélite podem auxiliar no diagnóstico de como se encontra e como está sendo ocupado o solo do município, e posteriormente, a partir da análise destes dados, pode ser feito um planejamento mais detalhado das ocupações, bem como auxiliar no plano diretor do município. “Isso é altamente positivo para o município, já que se pode, através destes dados, priorizar áreas de proteção, bem como evitar o avanço desordenado da mancha urbana sobre florestas, mangues, restinga, entre outras áreas de conservação”, descreve o pesquisador.

Expansão urbana de alguns bairros de Florianópolis. Fonte: USGS – Landsat

 

Atualmente considerada uma cidade de médio porte, Florianópolis possui uma população estimada de 508.526 habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A capital catarinense possui uma área de 450 km², sendo 97% dela na parte insular e o restante no continente.

 

Em 30 anos a população de Florianópolis mais que dobrou, passando de 236 mil em 1989, para aproximadamente 500 mil habitantes em 2019. O crescimento da urbanização de Florianópolis acompanhou a evolução da população, que teve incremento de 264 mil habitantes em 30 anos. Com assessoria Epagri.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Castro - PR
Atualizado às 16h08 - Fonte: Climatempo
20°
Muitas nuvens

Mín. 14° Máx. 20°

20° Sensação
18.3 km/h Vento
72.2% Umidade do ar
40% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (14/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 21°

Nublado
Quinta (15/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 22°

Sol com muitas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias