Quarta, 24 de Julho de 2024
22°

Parcialmente nublado

Castro, PR

Agricultura GAFFFF

Diretor da Abramilho participa do GAFFFF e assume presidência da Aliança Internacional do Milho

Durante o evento, Kiep assumiu a presidência da Aliança Internacional do Milho (Maizall) – composta pelos países líderes em produção e exportação de grãos: Brasil, Estados Unidos e Argentina – além de palestrar no painel Geopolítica, Segurança Alimentar e Comércio.

02/07/2024 às 13h38
Por: Redação Fonte: Abramilho
Compartilhe:
Diretor da Abramilho participa do GAFFFF e assume presidência da Aliança Internacional do Milho
Diretor da Abramilho participa do GAFFFF e assume presidência da Aliança Internacional do Milho

O diretor da Associação Brasileira dos Produtores de Milho e Sorgo (Abramilho), Bernhard Leisler Kiep, participou do Global Agribusiness Festival (GAFFFF) 2024 em São Paulo, nos dias 27 e 28 de junho. Durante o evento, Kiep assumiu a presidência da Aliança Internacional do Milho (Maizall) – composta pelos países líderes em produção e exportação de grãos: Brasil, Estados Unidos e Argentina – além de palestrar no painel Geopolítica, Segurança Alimentar e Comércio.

Na solenidade de posse da Maizall, Kiep enfatizou a importância da união entre essas três potências do agronegócio para o desenvolvimento internacional do setor. “A colaboração entre os países da Maizall é essencial para garantir a segurança alimentar e para compartilhar inovações tecnológicas e práticas sustentáveis que beneficiam agricultores e consumidores em todo o mundo”.

O ex-presidente da Aliança, John Linder, destacou a atuação dos três países nos últimos anos, especialmente a cooperação sustentável e tecnológica entre eles, além do constante diálogo com a sociedade civil para ressaltar a importância das atividades no campo.

Continua após a publicidade
Anúncio

Kiep ressaltou ainda a importância de produzir alimentos saudáveis e de qualidade para combater a fome mundial de forma mais eficaz. “Nosso objetivo principal é garantir que todos tenham acesso a alimentos nutritivos e de qualidade. Este é o propósito que está no coração do nosso setor.”

Transgênicos e produtividade como soluções para a segurança alimentar

Continua após a publicidade
Anúncio

O diretor da Abramilho deu continuidade ao tema da segurança alimentar durante o painel Geopolítica, Segurança Alimentar e Comércio, que foi moderado por Marcos Jank, professor do Insper e contou com a participação de José Aldo Rebelo, secretário municipal de Relações Internacionais de São Paulo, e Nilson Leitão, presidente do Instituto Pensar Agro (IPA).

Durante o debate, Kiep apontou a contradição da União Europeia, que realiza campanhas contra produtos brasileiros, alegando questões ambientais e de qualidade, enquanto continua a comprá-los. Ele defendeu a qualidade dos produtos brasileiros, ressaltando que não há evidências científicas que provem riscos associados aos transgênicos. “O milho transgênico é uma solução para a crescente demanda global por alimentos, impulsionada pelo aumento populacional”, explicou.

O diretor enfatizou que o foco do agronegócio deve ser no aumento da produtividade, sem a necessidade de expandir novas áreas plantadas. Como presidente eleito da Maizall, Kiep planeja promover globalmente a qualidade do milho brasileiro, em parceria com Argentina e Estados Unidos.

Ainda no painel, Nilson Leitão enfatizou o papel do Brasil como protagonista na alimentação mundial, destacando a necessidade de o país se impor com mais força no cenário global. Leitão criticou as barreiras ambientais impostas pelo mercado internacional, usadas para prejudicar economicamente o Brasil, e ressaltou a importância da sustentabilidade não apenas ambiental, mas também social e econômica do agronegócio brasileiro.

Já o ex-deputado José Aldo Rebelo abordou a necessidade de segurança jurídica no Brasil, trazendo a importância de definir claramente o direito de propriedade. Ele criticou a insegurança gerada por disputas internas entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, que impactam negativamente os produtores brasileiros. Rebelo argumentou que é fundamental resolver essas questões para atrair investimentos e garantir a estabilidade no setor agropecuário.

Kiep concluiu destacando a necessidade de uma comunicação mais efetiva sobre o agronegócio. “Foi um dia em que todos os painéis mostraram o lado positivo do agro, deixando claro que existe uma minoria que não conhece a realidade do agro e, às vezes, fala coisas que não são verdadeiras. Existe um consenso de que a mensagem precisa ser divulgada de maneira mais constante e clara para que a população urbana entenda melhor a realidade do setor. O agricultor brasileiro é muito mais ambientalista do que as pessoas julgam, e uma grande maioria cuida bem do solo e do meio ambiente.”

O GAFFFF

O Global Agribusiness Festival é o maior fórum agro do mundo, reunindo líderes do setor de diversos países para discutir temas como sustentabilidade, novas tecnologias e mercado. Plinio Nastari, presidente da DATAGRO e organizador do evento, destacou que São Paulo é a verdadeira capital do agronegócio brasileiro. Segundo Nastari, o fórum é uma excelente oportunidade para promover debates e sugerir políticas públicas que alavanquem as atividades do setor em benefício de toda a sociedade.

Ele1 - Criar site de notícias