Sábado, 15 de Junho de 2024
13°

Tempo limpo

Castro, PR

Geral PLANO DIRETOR

Plano Diretor de Castro: Revisão Prioriza Participação Popular e Inclusão das Demandas da Comunidade

Castro avança na revisão do Plano Diretor com foco na participação ativa da população e na inclusão de demandas da comunidade, segundo destaca a Secretaria de Desenvolvimento Urbano

06/06/2024 às 15h37
Por: Redação
Compartilhe:
Revisão do Plano Diretor em Castro: Envolvimento popular é crucial, para que as demandas atendam os anseios da comunidade. Foto Toninho Anhaia
Revisão do Plano Diretor em Castro: Envolvimento popular é crucial, para que as demandas atendam os anseios da comunidade. Foto Toninho Anhaia

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Castro marcou presença no Café do Produtor, promovido pelo Sindicato Rural de Castro, para discutir a revisão do Plano Diretor (PD) do município.  

A revisão tem a assessoria  técnica da Fundação da Universidade Federal do Paraná para o Desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Cultura (FUNPAR). A FUNPAR está elaborando um diagnóstico preciso e uma base sólida para as futuras diretrizes. 

O café contou com a participação de produtores e de entidades do município e abordou a importância do envolvimento da população na atualização desse importante instrumento de política pública que visa atualizar os eixos que impactam diretamente a vida dos moradores tanto nas áreas urbanas quanto rurais.

Continua após a publicidade
Anúncio

  ACOMPANHE AQUI A REPORTAGEM EM VÍDEO NO CANAL MINUTO RURAL. ATIVE AS NOTIFICAÇÕES E ACOMPANHE NOSSAS REPORTAGENS   

 

Continua após a publicidade
Anúncio

Durante o Café do Produtor, o secretário de Desenvolvimento Urbano, Gelson Telles, enfatizou a necessidade da participação de diferentes setores da sociedade para que a revisão atenda os anseios da comunidade. "Recebi esse convite para o Café do Produtor de forma muito satisfatória porque uma das dificuldades da implementação do Plano Diretor é a participação popular. O município de Castro promove e dá as condições para que o plano seja elaborado, mas ele é de propriedade dos munícipes de Castro.", salienta o secretário. Ele destacou que o plano não é um documento exclusivo da administração municipal, mas sim um projeto da comunidade de Castro. "Para nós, momentos como este deveriam acontecer em outras entidades, pois tentamos sempre envolver o maior número pessoas possíveis no processo.", argumenta Telles.

A coordenadora da revisão do Plano Diretor, a arquiteta e urbanista Gabriela da Silva Olympio, reforçou a importância do diálogo com a população. "Incluir a população na revisão do Plano Diretor é essencial. Esse plano deve refletir as demandas da sociedade de Castro," disse Gabriela. Ela explicou que o Plano Diretor serve como espinha dorsal para a gestão do município, destacando a necessidade de uma revisão contínua baseada nas demandas e avaliações da comunidade.

Ela detalhou o processo de revisão, que começou em janeiro com a mobilização da população. "Estamos na terceira fase, que é o diagnóstico e a análise integrada. Receberemos da FUNPAR um diagnóstico da nossa realidade, que será a base para planejar o futuro do município," explicou.

O processo de revisão do Plano Diretor está dividido em várias fases, começando com a mobilização da população e passando pela análise das demandas até chegar à fase de diagnóstico e planejamento. A última fase incluirá a elaboração de diretrizes, propostas e um plano de ação e investimento. Gabriela destacou a importância da Conferência Municipal que ocorrerá em 29 de junho. "Será uma oportunidade única para debatermos com a comunidade os assuntos que impactam o desenvolvimento territorial de Castro.", destaca a coordenadora.

 

Continua após a publicidade
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias