Sábado, 15 de Junho de 2024
21°

Tempo limpo

Castro, PR

Economia Startups

Parceria entre Sebrae/PR e universidades impulsiona startups de Ponta Grossa

Programa de pré-incubação resultou em 14 projetos; cinco deles foram aprovados para incubação

04/06/2024 às 17h41
Por: Redação
Compartilhe:
Programa auxilia empreendedores a validarem projetos inovadores antes de serem incubados. Foto: Divulgação
Programa auxilia empreendedores a validarem projetos inovadores antes de serem incubados. Foto: Divulgação

O Sebrae/PR, a Sprint-PG Incubadora da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) Campus Ponta Grossa e a Agência de Inovação e Propriedade Intelectual (Agipi) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), com o apoio do Vale dos Trilhos, estiveram juntos em um programa de pré-incubação de ideias inovadoras, com o propósito de amadurecer e validar projetos antes de serem encaminhados para incubação em uma das duas instituições de ensino superior.

O programa, que teve início em abril e encerrou em maio, contou com seis módulos, todos ministrados com metodologia do Sebrae/PR, sobre organização, validação de oportunidade, solução, validação de mercado, comportamento empreendedor e time, e mostra de projetos inovadores.

De acordo com a consultora do Sebrae/PR, Maísa Silvestrin, a ação teve como propósito disponibilizar ferramentas para que empreendedores e acadêmicos participantes pudessem desenvolver seus modelos de negócios, visando prepará-los de forma eficaz para ingressarem em programas de incubação.

Continua após a publicidade
Anúncio

"A troca de conhecimento entre os envolvidos é o que traz resultados efetivos e a maturidade em que se encontra o ecossistema de inovação do município é que permite esse tipo de programa. O objetivo é que esses projetos entrem na incubação mais estruturados e com chances de sucesso. Desta forma, não ficam tanto tempo ocupando espaço físico das incubadoras e não correm o risco, por exemplo, de não serem validados”, diz a consultora.

O gestor da Sprint-PG Incubadora da UTFPR Campus Ponta Grossa, Gil Anderson Rodrigues, explica que, anteriormente ao programa, existiam projetos com demandas de entrada na incubadora, mas que ainda estavam no campo da ideia.

“O programa deu um embasamento do que é o empreendedorismo, como planejar, como colocar em prática a ideia e iniciar em um projeto de incubação com vistas a formar uma empresa futuramente”, comenta.

Continua após a publicidade
Anúncio

Na Sprint-PG Incubadora da UTFPR, foram selecionados projetos mais voltados para as áreas de tecnologia e engenharia. A expectativa, segundo Rodrigues, é que o programa seja repetido no próximo semestre.

“Iniciativas como essa do Sebrae/PR, que integram entidades públicas e privadas, fortalecem nosso ecossistema regional e vêm ao encontro de todos os planos, comitês e projetos nas áreas de inovação e empreendedorismo da cidade”, frisa.

Um dos projetos selecionados para incubação é o OnePet, intermediador de saúde animal, que tem como sócias Fabiele Cruz Bivanco e Yara Hilgemberg. Segundo Fabiele, o programa de pré-incubação gerou conexões com outros participantes e a ideia é elaborar o planejamento estratégico do negócio para o start por meio de uma das duas incubadoras.

“Dentro do projeto de ideação, pudemos descobrir quais são os principais passos que uma startup deve dar para seu início no mercado”, pontua.

Para o diretor da Agipi, Albino Szesz Junior, o projeto de pré-incubação é essencial para o ecossistema de inovação regional, pois oferece mentorias, capacitações, networking e dá suporte para os empreendedores transformarem ideias em negócios viáveis.

“É um programa importante, pois promove o crescimento econômico e social local”, destaca.

Ele1 - Criar site de notícias