Sábado, 15 de Junho de 2024
13°

Tempo limpo

Castro, PR

Agricultura FISCALIZAÇÃO

Paraná leva debate sobre fiscalização de agrotóxicos e sanidade vegetal à Conferência Nacional de Defesa Agropecuária

Adapar realiza três palestras em reuniões institucionais de evento nacional de defesa agropecuária, que acontece na primeira semana de junho em Goiás

31/05/2024 às 10h13
Por: Redação Fonte: Adapar
Compartilhe:
Paraná leva debate sobre fiscalização de agrotóxicos e sanidade vegetal à Conferência Nacional de Defesa Agropecuária

Conectividade em agropecuária, promoção de um meio ambiente sustentável e economia do país. Estes são os temas da 8ª Conferência Nacional sobre Defesa Agropecuária (CNDA), será realizada durante os próximos dias 4, 5 e 6 de junho, em Goiânia (GO). A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) estará presente com uma equipe de 32 servidores, e dois palestrantes que apresentarão em reuniões institucionais, atrações previstas na Conferência.

A defesa agropecuária do Paraná vai promover debates sobre os impactos da nova lei de agrotóxicos na fiscalização estadual e a experiência estadual com o diagnóstico fitossanitário do HLB ou greening.

EXPERIÊNCIA DO PARANÁ - A Adapar contribui com a Conferência durante os encontros institucionais, na discussão de assuntos de relevância no cenário agropecuário atual, com a exposição da experiência do Estado em frentes de atuação. Na próxima quarta-feira (05), o fiscal de defesa agropecuária Leandro Dadalt leva no Encontro Nacional Sobre Fiscalização de Agrotóxicos (ENFISA) a exposição sobre os Impactos da nova lei de agrotóxicos na fiscalização estadual.

Continua após a publicidade
Anúncio

No mesmo dia, o Encontro Nacional sobre Sanidade Vegetal conta com a experiência estadual com diagnóstico fitossanitário do HLB, ou greening, apresentada pelo coordenador do programa de "Vigilância e Prevenção de Pragas na Fruticultura”, Paulo Jazim Marques. A programação completa pode ser acessada AQUI.

OBJETIVOS - O evento tem como objetivos discutir as demandas da sociedade, seja do ponto de vista dos serviços prestados às distintas cadeias produtivas, como também dos controles de processos que resultam na oferta de alimentos livres de resíduos e contaminantes, buscar o fortalecimento do sistema de vigilância ativa e passiva pela adoção da inteligência quarentenária e princípios epidemiológicos, discutir sobre manejo de pragas, controle de enfermidades e impactos ambientais.

EVENTO - Durante os três dias de Conferência serão realizadas palestras e apresentação de pôsteres, abordando temas diversos voltados à excelência dos serviços de sanidade agropecuária, com destaque aos debates das medidas de prevenção e controle da gripe aviária, rastreabilidade bovina, impacto da nova legislação de agrotóxicos no Brasil, entre outros.

Continua após a publicidade
Anúncio

Também será espaço para a realização de importantes reuniões institucionais, como o Fórum Nacional de Executores de Sanidade Agropecuária (Fonesa); Reunião Nacional do Serviço de Inspeção Oficial (Renasio); Encontro Nacional sobre Sementes e Mudas (Enasem); Encontro Nacional sobre Fiscalização de Agrotóxicos (Enfisa) e Encontro Nacional sobre Sanidade Vegetal (Ensave), e de eixos importantes, contando com a participação do Programa Nacional de Educação Sanitária em Defesa Agropecuária (Proesa).

A Conferência foi realizada pela última vez em 2022, em Belo Horizonte (MG), e reuniu 864 congressistas. A expectativa é de que a edição de 2024 alcance uma média de 1.500 inscritos, sendo 1.350 congressistas e 150 palestrantes.

A CNDA é promovida pela Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária (SBDA), sediada em Salvador (BA), que tem como missão promover a interação e compartilhamento de conhecimentos técnico-científicos entre os profissionais executores da defesa sanitária animal e vegetal dos órgãos estaduais.

Ele1 - Criar site de notícias