Terça, 09 de Março de 2021 04:32
42988489296
Tecnologia Tecnologia

Afinal, o que uma aceleradora de startups faz?

Saiba mais sobre os programas que ajudam startups a crescerem de forma rápida para, depois, receberem rodadas de investimentos

23/02/2021 17h10
81
Por: Redação Fonte: R7 - Programa Inova 360
Ravi Gama está à frente da aceleradora InovaHub (Foto: Divulgação) - (Foto: Programa Inova 360)
Ravi Gama está à frente da aceleradora InovaHub (Foto: Divulgação) - (Foto: Programa Inova 360)

Por Ravi Gama

Já faz um tempo que atuo na área de gestão e inovação, ajudando empreendedores a construírem e consolidarem as suas startups. Acompanho de perto todo o processo de crescimento dos negócios e, inclusive, há uns anos, tive a honra de trabalhar como Diretor do Founder Institute em Londrina (PR) e Maringá (PR), além de ser mentor da mesma empresa em São Paulo (SP) e Curitiba (PR). Trazendo todas as experiências e conhecimentos comigo, agora, estou à frente de um grande projeto que já se tornou realidade: o InovaHub, a primeira aceleradora digital do Brasil.

E quando falamos sobre aceleração, muitas dúvidas surgem: Como funciona esse processo? Quais são as vantagens oferecidas para as startups? Realmente, vale a pena investir em um programa de aceleração?

Antes de responder a essas perguntas, é importante saber que o principal objetivo de uma aceleradora de negócios é ajudar no crescimento das startups para, posteriormente, se tornarem alvos de investimentos. E, para isso, os programas entregam mentorias, financiabilidade de valor e promovem a conexão entre a startup e uma grande corporação para fomentar a aquisição de capital. É um trabalho realizado de maneira rápida e atende desde empresas que ainda estão em estágio embrionários até as que estão testando seus produtos/serviços no mercado ou as que já possuem clientes, mas querem expandir.

O processo de aceleração pode ser dividido em três fases:

A fase 1 se resume a uma metodologia aplicada com o intuito de acelerar as empresas que ainda estão iniciando no mercado. Nesse sentido, a aceleradora tira as ideias do papel e começa a moldá-las.

Já a fase 2 é a etapa em que a ideia está pronta e iniciam-se os testes do produto ou serviço. É quando começamos a fazer os testes com o público e analisar qual modelo de cobrança será o mais viável para o cliente.

Na última e terceira fase, a startup já possui o seu produto finalizado e basta inseri-lo no mercado. Aqui, focamos em escalar esse produto, levar para cada vez mais clientes e, assim, conseguir expandir o negócio.

Vale lembrar que a captação de recursos acontece durante qualquer uma dessas fases. Isso significa que o retorno financeiro não ocorre somente no final do processo de aceleração e sim, durante todo o percurso.

Além de toda essa curadoria feita para avançar a startup de maneira rápida, no InovaHub, nós estamos trazendo algumas novidades que vão complementar e contribuir ainda mais para o engajamento das empresas. Nós contaremos com um modelo de trabalho híbrido, oferecendo uma estrutura virtual e também física, que, juntas, vão proporcionar maiores conexões, conhecimentos e transformações de negócios.

Na plataforma on-line, o empreendedor tem acesso a todos os conteúdos de aceleração e mentorias. Ele também pode assistir a aulas gravadas por especialistas, interagir com os 25 mentores que compõem a equipe do InovaHub, interagir com outros empreendedores e trocar experiências. O espaço virtual traz praticidade para o dia a dia, dando a oportunidade de o empreendedor acessar de qualquer lugar do mundo.

Para somar a esse processo da aceleradora, o InovaHub também vai contar com uma entrega de espaço físico, seguindo o modelo de CoXP (Co Experience Space), que basicamente vai proporcionar um ambiente para criação de mentorias, insights e, principalmente, uma experiência de contato entre empreendedores. A proposta é ser um ecossistema de startups para criar conexões e networking.

Com toda essa estrutura, a ideia é dar mais força à aceleração dos negócios e realmente fomentar essa área que cresce cada dia mais, impulsionando startups e contribuindo para o desenvolvimento do empreendedorismo e econômico no país.

Ravi Gama está à frente da nova aceleradora InovaHub, é fundador de três empresas nos segmentos de Administração, RH e Private Equity, co-fundador da 2Find e especialista em Gestão, Inovação, Investimentos e Tecnologia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Castro - PR
Atualizado às 04h30 - Fonte: Climatempo
16°
Muitas nuvens

Mín. 15° Máx. 28°

16° Sensação
8.4 km/h Vento
96.2% Umidade do ar
67% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (10/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 25°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (11/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 26°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias